clique para voltar 
à página principal
Laerte
 

Veja outras tirinhas do Laerte


Vídeos Gays  
Eleições 2008
Começou o Hilário Eleitoral Gratuito! O que nossas candidatas travestis têm a dizer?
<<<
Outras charges e vídeos gays:
Existe mesmo ex-gay? :: "Viva bastante para encontrar o seu amor" :: Bento 16 X Camisinha :: Programa a quatro :: Leão Lobo x Thiago Lacerda :: Acerto de contas :: Charles canta: 'Gente, eu não sou bi!' :: Gata Turbinada ::Gata Turbinada (2) :: Amor no BBB :: Bombeiro Ricardão :: Scooby Doo em Neverland :: Michael na cadeia :: Cabeça aberta ::Você não gosta da minha filha... mas sua filha gosta :: Ivete demais o santo desconfia :: Big Charge Brasil 1 :: Big Charge Brasil 2 :: Julgamento de Michael Jackson 1 :: Julgamento de Michael Jackson 2 :: Festa no Apê - MJ inocente! :: Mamãe Britney :: Pedofilia em América :: YMCA do Mensalão :: Orkut Greatest Hits :: O Beijo de Júnior e Zeca :: Bonner imita Clodovil :: Clô responde

Fun

NESTA SEMANA:

News

* O Saci é gay!
* Ex-BBBs Thalita e Bianca são fotografadas aos beijos
* Sobre ARTE: Tempestade de Verão
* Na Moda: Agora é a vez das CALÇAS XADREZ!
* Crônica: Sonho de casamento

O Saci é gay!!

Aproveitando o Dia do Saci (31 de outubro), tenho uma revelação a fazer: O Saci é gay!!

Não sabiam? Nem eu... Confiram no mail que o E-JOVEM recebeu abaixo:

"Estive lendo sobre novos estudos e descobrimentos sendo feitos de que existe uma correlação/eqüivalência entre o Hermes de mitologia
grega antiga com personagens universais chamados de "tricksters" em inglês, ou seja, "trapaceiros" em português, existentes em culturas
mundo afora (para ver uma lista deles, entre aqui http://en.wikipedia.org/wiki/Trickster).

Ora nem por menos, ali figura o nosso Saci Pererê, entre vários outros mais. Mas me interessou, particularmente, foi o fato de que esses personagens mitológicos que históricamente que surgiram em diferentes culturas, muitas vezes, se expressam homoeróticos ou transexuais, e habitam as bordas, as fronteiras, os limites das culturas, são da troca, das traduções, são intermediários, pontes entre o dinheiro e a ambição e o prazer e a devoção... Pronto, o nosso Saci vai ter que sair do armário, he he he...

Um abração!

--Paul

Leiam o artigo lá na Wikipedia pra entender melhor... Mas, pelo que está lá, é isso mesmo!! PASSADO!

Essa é ótima!! =D

Deco =P 



Ex-BBBs Thalita e Bianca são fotografadas aos beijos
As duas participaram de uma campanha contra a homofobia

As ex-BBBs Bianca Jahara e Thalita Lippi disseram não ao preconceito e participaram de uma campanha contra a homofobia. Apenas de calcinha e abraçadas, as duas foram fotografadas aos beijos como parte da iniciativa. “Nós sempre fomos simpatizantes. Mesmo antes de nos conhecermos no BBB tanto eu como Bianca já havíamos sofrido algum tipo de discriminação em nossa vida, pelo simples fato das pessoas julgarem algo sem saber”, disse a ruiva Thalita. 

Durante participação na oitava edição do reality show, as duas, que ficaram muito amigas, chegaram a trocar selinhos e tiveram que lidar com os boatos sobre suas sexualidades. 

“Como temos personalidades fortes e somos 100% seguras de nossas opções, nunca demos bola. Sabíamos o que nosso selinho dentro do programa, ia causar aqui fora, e nos divertimos muito com todo o "bafafa". E como acreditamos que na vida nada é a toa, nos transformamos de simples simpatizantes a simpatizantes engajadas”, contou Thalita Lippi para depois completar: “Não entendo certas instituições que pregam que amem ao próximo como a ti mesmo, mas recriminam o amor entre iguais. Amor é amor, e ponto!” 

(fonte: Quem Online)



Mais Fun News:

- Personagens masculinos da Disney tiram a roupa
- O que se passa com Britney Spears??
- Artista brasileiro cria polêmica com boneco gay
- Tchin tchin!!
- Gay Robot
- Quadrinhos e preconceito
- Nu ma nu ma iei
- A entrevista em que Laerte admite ser bissexual
- Tirinhas do Laerte causam polêmica



 
 

Sobre ARTE!
Filmes, Sinopses, 
Imagens e Trailers!

Olá! Sejam Bem Vindos! 
 

Vários filmes apresentam a Homofobia, um assunto polêmico nesta época de grande decisão para nós. 
E assim como o filme Saindo do Armário, o filme desta edição é um clássico. "A vida acontece sem avisar, Tempestade de Verão " é esta a frase que define o filme. 

Tempestade de Verão

Capa do DVDCapa do DVDNome original: Sommesturm &ndash; Ano: 2004 &ndash; Produtura: Claussen & Wöbke Filmproduktion GmbH. O título em inglês é Summer Storm e é distribuído em parceria com a Warner Bros. Tempestade de Verão é É um filme alemão dirigido por Marco Kreuzpaintner.
Um pouco de sua história: Tobi (Robert Stadlober) e Achim (Kostja Ullmann) são de uma equipe de remo e eram muito amigos até que Achim começa a gostar de Sandra (Miriam Morgenstern) e Tobi se dá conta que seus sentimentos por seu amigo não eram normais e isto agora implicará em uma mudança, ainda mais quando uma equipe formada só por gays irá competir com eles no lugar das "Meninas de Berlin". Tobi não sabe o que fazer, está perdido em seus sentimentos e isto afeta todo o grupo, pois eles também têm que se enfrentar, por serem heteros e terem que vencer sua mente formada. Será que seu amigo Achim irá suportar a mentira de tantos anos? Será que entenderá? O clima é tenso no clímax e até bem diferente do que se imagina, pois é imprevisível. 

Muitos risos estão garantidos, o filme tem muito humor, o capitão do time é responsável por uma parte deste humor. Tobi não fica atrás, numa delas quase o pegam espiando escondido os afazeres do outro time.

A fotografia do filme é muito bonita, os locais de filmagens passam-se em acampamentos, florestas e rios, muito verde e paisagens bonitas, onde ocorrem as competições, brincadeiras e as descobertas! Outro ponto forte do filme é a trilha sonora, são músicas que se encaixam nas cenas perfeitamente, inclui várias bandas do cenário alternativo como Vast com a faixa Flames (após um momento de confronto) e Nada Surf com Blonde On Blonde, esta última já esteve na trilha sonora de O.C. - Um estranho no paraíso e no filme Uma canção de amor para Bobby G, tem também um grupo Alemão, que se parece com o Roxette, é o Rosenstolz, a música Wilkommen encerra o filme, com uma boa letra, convidando quem assitiu a conhecer "nosso mundo". Até a música que encerra o filme junto com os créditos tem sua letra de acordo com o tema. 

Surpresas lhe esperam, um dos melhores filmes gays de 2004 e para finalizar: é baseado em fatos reais! O filme foi inspirado na vida do diretor do filme. O alemão Marco Kreuzpaintner de apenas 27 anos foi quem escreveu o filme e de certa maneira autobiográfico. 

Este não é um filme tão difícil de encontrar, já foi exibido no Mix Brasil, há alguns lugares que o possuem para aluguel e também é possível encontrá-lo pra venda na internet.

O web site do filme ainda está no ar e podemos conferir o trailler do filme, e ainda em duas versões, a versão alemã, mais sentimental e a versão em inglês, mais aventureira. Na versão em inglês você podem conferir o texto abaixo, que soa como poesia:

"There is a time, in everyone's life, when everything changes. This group of friends will discover a chalenge to want it all, when all wish as two a go between friendship and love. Forward a hard of competition, lies a tried of the heart. Life happens, without warming, Summer Storm" ("Há um tempo, Na vida de todos, onde todas as coisas mudam. E este grupo de amigos descobrirá um desafio necessário a todos, quando todos querem as duas coisas entre amizade e amor. Seguindo em uma dura competição, tentando mentir ao coração. A vida acontece, sem avisar, Tempestade de Verão ")

O trailler (em Inglês) está no link: 
Trailler em Inglês 

E o trailler (em Alemão) está no site oficial do Filme (em Alemão):
http://www.sommersturm.de/main.html

O site oficial do Filme (em Inglês):
http://www.summerstorm-themovie.com/

O cadastro oficial no Internet Movie Data Bank (I.M.D.B.) está no link (em Inglês):
I.M.D.B. - Cadastro do Filme

Nele você encontra informações completas sobre o elenco, produção, imagens etc.

TobiNa dança!Tobi e AchimTempestade de VerãoTempestade de VerãoTobiAchimAchim e TobiNo treinamento
Imagens: © Claussen & Wöbke Filmproduktion GmbH
Curiosidades
  • Os atores que interpretam Tobi e Achim possuem mais idade do que os personagens que eles interpretam.
Tobi e AchimAté a próxima edição!
Sid
Outras Edições:
Sobre Arte 1: Saindo do Armário (Get Real)
Sobre Arte 2: Krámpack (Nico and Dani)
 
Adão
 Iturrusgarai
 

 
O cartunista Adão publicou uma série de tirinhas sobre dois caubóis gays em vários jornais de circulação nacional e na extinta revista Sui Generis... O E-jovem.com está resgatando essas tiras pra vocês - leiam na vertical!

 
Na Moda
 
Agora é a vez das CALÇAS XADREZ!

Pra você que adora esta moda, aproveite esta que é a tendência deste verão 2008!

Não é por nada, mas eu em partilcular amo xadrez – principalmente pelo ar retrô que ela dá. Mas tome muito cuidado na hora de usar, existem combinações que podem te deixar horrendoooooooo!!! 

Tenha sempre em seu guarada roupas camisetas básicas tipo Hering com uma única estampa ou sem estampa alguma; isso valoriza muito sua calça xadrez.

Lembre-se na hora de sair com sua calça xadrez que você não é o Sherlock Holmes - não precisa ficar se camuflando por aí!

Algumas dicas básicas na hora de se vestir:

1. O xadrez miúdo diminui a silhueta e o xadrez grande aumenta. 

2. O xadrez em cores vibrantes é muito legal, mas o bege e o marrom permitem maior combinação de cores. 

3. Cuidado na hora de combinar a sua calça xadrez. Outras estampas devem ser usadas com muito cuidado. Na dúvida, prefira blusas e casaquinhos lisos. 

4. O modelo também é importante na hora da escolha. Aqueles com menos detalhes e recortes são os mais indicados porque o xadrez sozinho já faz a diferença. 

5. A calça xadrez é muito versátil. Pode ser usada de manhã, à tarde, ou à noite. Basta você mudar a produção e cair na farra.

Chesller
é estilista e artista plástico


Últimas colunas:
- Se joga, põe rosa
- O inverno é gay
- Moda gay é customizar
 
Crônica
 Sonho de casamento
 
Um dia, aliás tem pouquíssimo tempo, decidi de uma vez por todas acabar com a minha ilusão de casar, ter filhos, morar em uma casa com quintal e finalmente ter o meu final feliz. Não que tenha deixado pra trás a minha aura de romantismo, nada disso. Ela continua intacta - mas em um estado de hibernação.

Desde que lembro da minha mais remota lembrança, lá está a minha ilusão de casamento, naquela época com a minha prima. Fizemos juras, e nos importávamos de verdade um com o outro, do jeito que uma criança de quatro para cinco anos permite se importar. Sonhávamos com um carro vermelho e nossa ida à Fortaleza, teríamos filhos e moraríamos a beira da praia.

Depois vieram ilusões de colégio, e o primeiro amor bateu. Novamente sonhando com o casamento perfeito, tudo dando super certo. Sem problemas, sem medos. Nessa época a minha visão de relacionamento perfeito compreendia somente o amor, sem se importar com o pão à mesa, com as TPM's e com tudo que é capaz de anular esse sentimento. Achava que bastava amar e ser amado para ter uma vida feliz. Doce engano.

Até que um dia, me descubro bi. E vejo se abrir, junto com a minha descoberta da sexualidade, um novo leque a ser explorado. Aquele sonho se expandiu, englobando agora um parceiro, companheiro, respeitador e um bom amante. Já não tinha o sonho do casamento eterno, da casa na praia, de viagens e filhos. Vieram os namorados,
as experiências, os ficantes, os tapas que a vida dá. E tudo foi ficando mais amargo.

Vi que estava no meio de um tiroteio, fiquei revoltado com a incompreensível e hipócrita sociedade. Vi pouco a pouco que estar casado na minha nova situação (entenda-se bi, ou gay) era praticamente impossível. Difícil ter uma vida 'normal' quando não podemos ser aquilo que gostaríamos de ser. Vi que não poderia ter filhos, não filhos meus, teria que adotar, mas me perguntava se isso seria possível. Vi que não poderia me casar na igreja, e jamais poderia ver minha família contente com uma cerimônia linda, cheia de flores e cânticos gregos. Vi que se tivesse um filho, ia ser bastante complicado explicar e até embaraçoso demonstrar nas festinhas de pais do colégio o quanto o nosso amor por ele era tão grande quanto o de uma mãe. Vi que viver em mundo assim era tarefa para
super-heróis.

Decidi então perder, ou deixar de lado, os meus velhos sonhos. Decidi que ser feliz era o mais importante, e o melhor de tudo: Vi e decidi que não importa para os outros a minha felicidade, deveria ser feliz comigo e tentar levar a minha vida normalmente.

Um dia, espero que muito em breve, possa buscar esses sonhos e ter ao meu lado um lindo esposo. Ter e educar filhos para serem pessoas extremamente flexíveis, compreensíveis, amáveis e de ótimo caráter. Talvez, isso seja um sonho tanto quanto impossível, mas o que posso fazer? Se apesar de tudo ainda tenho comigo uma intacta aura de romantismo...

Diley Rodrigues
coordenador do E-Manaus


Outras crônicas:
- Encontros da internet
- Menino do Busão


Principal | Tema | Fun | Colunas | News | Forum | Apoio | Equipe
© Copyright E-jovem.com 2001/2008. Todos os direitos reservados.
Ter seu nome e/ou imagem publicados neste site não indica necessariamente orientação sexual.
webmaster@e-jovem.com

Clique para o tema desse mêsClique e divirta-se!Clique e confira as novas colunasClique para visitar o forum de depoimentosClique e confira a reportagem do mêsClique para encontrar endereços e telefones úteis