Prazeres Ocultos
Um guia completo para você tirar suas dúvidas sobre masturbação 

JAIRO BOUER 
COLUNISTA DO FOLHATEEN

Acreditem: masturbação continua a gerar polêmica. Quase 250 anos depois que o médico suíço Samuel Auguste Tissot (1728-1797) escreveu, em 1758, um trabalho devastador sobre os supostos efeitos maléficos da masturbação. Segundo ele, a prática podia levar até mesmo à loucura -o que virou uma espécie de verdade científica até meados do século 20. Muita gente continua a achar que ela é mesmo um vício preocupante, capaz de isolar as pessoas e de trazer graves consequências para a saúde.

Essa teoria vai na contramão do que pensa hoje a maioria dos especialistas que trabalham com sexualidade humana. No mundo todo, eles pesquisam e escrevem trabalhos que mostram que a masturbação representa o começo da vida sexual das pessoas. É explorando o próprio corpo e o prazer que o jovem começa a construir seu aprendizado sexual.

Depois de quase dez anos escrevendo sobre sexo e saúde para adolescentes aqui no Folhateen, tendo abordado o tema dezenas de vezes, eu imaginava que as pessoas estivessem mais tranquilas quanto a essa questão. Engano! Uma coluna publicada há algumas semanas recebeu críticas de alguns leitores, inconformados com a abordagem dada ao assunto.

Na coluna, um garoto que se sentia mal depois de se masturbar pedia uma fórmula para parar com o ato. Explicamos que a questão não era a interrupção, e sim a tentativa de entender o porquê de se sentir culpado depois de entrar em contato com o próprio prazer.

Aliás, a dificuldade de lidar com a masturbação e com o prazer é histórica. Na Inglaterra da era vitoriana (século 19), os pais usavam uma espécie de gaiola peniana com pregos para evitar que seus filhos se masturbassem. Nos EUA, na virada do século 19 para o século 20, o Escritório de Patentes registrava quase 500 aparelhos antimasturbação. As religiões tradicionais, durante séculos, proibiram a masturbação, considerando o ato um pecado e carregando de culpa a experiência do prazer.
Uma leitora escreveu: "A masturbação, no meu entender, só serve para isolar a pessoa e centrar seu "estar consigo mesma" no prazer do próprio corpo... O que dizer de um jovem que, ao ficar só, já sente o apelo da esfregação, da lidação com o próprio corpo e faz disso mais uma fuga da necessidade maior de repensar o mundo?".

Outra leitora perguntou: "Será que essa humilhação relatada pelo rapaz tão novo não tem origem no fato de que os segundos de prazer por ele conseguidos tenham seu início, meio e fim num cubículo forrado de azulejos e com um vaso sanitário servindo de espectador? Pense no que suas palavras de "conforto" podem significar para um garoto de 12 anos que, aos poucos, se vê cada vez mais enredado na prática da masturbação".

Ou ainda um leitor: "Acho que o senhor perdeu uma excelente oportunidade de ajudar muitos jovens que decidiram "viver bem com seus desejos e com os prazeres" da masturbação, que precisam de orientação para largar esse hábito".

É importante lembrar que, em geral, a masturbação não traz nenhuma repercussão grave para a saúde e para a cabeça das pessoas. E que sua prática, mesmo que regular, não significa problemas para lidar com o mundo ou a fuga de grandes dificuldades emocionais. É certo que algumas pessoas exageram e podem até mesmo precisar de uma ajuda profissional, mas esse não é nem de longe o retrato da maioria dos jovens.

Resolvemos então elaborar um dossiê com as dúvidas mais frequentes que chegam ao Folhateen sobre masturbação. As respostas foram elaboradas a partir dos conceitos atuais com que os especialistas trabalham a sexualidade humana. São dúvidas de meninos e de meninas que podem ser as suas dúvidas. Trazendo o tema mais uma vez para o foco das discussões, a intenção não é chocar ou provocar. É mostrar o que se passa com a moçada hoje e tentar tornar a sexualidade uma questão mais clara e mais tranquila para as pessoas. Aproveite!

(Nota da Redação: Essas dicas foram dadas para garotas e garotos heterossexuais. Detalhes das relações homo você pode encontrar em negrito nas últimas perguntas)


MENINAS

1.Como uma garota se masturba?
A garota, em geral, utiliza as mãos para acariciar seus órgãos sexuais (principalmente o clitóris) e outras partes do seu corpo que lhe dão prazer. Muitas meninas preferem se masturbar com a ajuda do jato de água do chuveirinho ou do bidê. Outras ainda podem contar com a ajuda de um vibrador ou de um objeto de uso íntimo.

2.Por que minha mãe não admite que eu fale em masturbação?
Muitas mães receberam uma educação rígida e conservadora em relação ao sexo. Para elas, a exploração de seu próprio corpo e a busca do prazer eram um grande tabu. Nas últimas décadas, essa posição mudou muito e pode ser que você tenha de explicar para sua mãe que os tempos são outros.

3.Uma garota pode perder a virgindade com a masturbação?
O rompimento do hímen por causa da masturbação é bastante incomum. Ele pode acontecer se a garota introduzir objetos na vagina ou se utilizar seus dedos dentro da vagina de uma forma mais brusca e afoita. Mas, em geral, nas práticas de masturbação feminina mais comuns esse risco é pequeno.

4.Posso usar objetos para me masturbar?
Pode desde que você siga cuidados básicos. Lembre-se de que você está colocando o objeto em contato direto com seu corpo, portanto algumas medidas de higiene são necessárias. Por exemplo, é importante usar objetos sempre limpos e bem lavados. Evite dividir esses objetos de uso íntimo com outra pessoa. Os objetos devem ser utilizados, de preferência, na entrada da vagina. Tome cuidado com objetos que podem ficar retidos na vagina ou que podem machucar seu corpo.

5.Como duas garotas podem se masturbar mutuamente sem risco de doenças?
Elas devem evitar compartilhar objetos de uso íntimo e, de preferência, evitar o contato direto com as secreções do corpo da outra. Por exemplo, se uma delas se masturbar, deve lavar as mãos antes de masturbar a sua companheira.

6. Masturbação é pecado?
Definir o que é ou não pecado é uma atribuição de algumas crenças e religiões. Do ponto de vista médico e científico, masturbação não é pecado. Se você segue uma religião que proíbe a masturbação e a considera pecado, talvez seja importante você avaliar, de um lado, o papel que essa fé tem na sua vida e, do outro, a importância de viver suas emoções e desejos. A decisão é sua.

7. É verdade que é mais fácil para a mulher ter orgasmo com masturbação do que com penetração?
Para muitas garotas, chegar ao prazer com a masturbação é mais fácil do que com a penetração. Muitas vezes, na masturbação, a garota consegue estimular melhor seu corpo e ter mais prazer. Na penetração, esses pontos podem não ser alcançados e a presença do garoto pode causar algumas inibições. Convivência, intimidade, exploração do corpo e muito papo podem ajudar a garota a mudar essa situação.

8. Quanto tempo dura a masturbação de uma garota?
Depende! Há meninas que se masturbam com mais rapidez e outras que demoram mais. Não existe um tempo determinado. Existe, sim, o tempo adequado para, naquele dia, você conseguir chegar aonde quer.

9. Depois que eu começar a transar, vou esquecer a masturbação?
A masturbação, em geral, perde espaço depois que a garota começa a namorar e a ter vida sexual com o(a) parceiro(a). Mas isso não significa que ela desapareça. Mesmo meninas muito felizes em sua vida sexual e em seu namoro podem se masturbar. E a masturbação pode estar presente como uma das formas de troca de carícias entre o casal.

10. É normal o clitóris crescer durante a masturbação?
O clitóris é um pequeno órgão que a mulher tem na parte superior da junção dos pequenos lábios. Ele é composto por tecido erétil, como o pênis do homem. Quando estimulado, esse tecido se enche de sangue. Por isso, o clitóris aumenta e fica mais rijo quando você se masturba.

11. Corro risco de gravidez se masturbar um garoto e depois me masturbar?
O risco existe se você masturbar o garoto, ele ejacular e, logo em seguida, você colocar sua mão na vagina. Dessa forma, você estaria fazendo o transporte direto de esperma do pênis para a vagina, trazendo risco de gravidez. Para evitar esse risco, se o garoto ejacular, lave bem suas mãos para continuar com as carícias.

12. Quando me masturbo, penso em garotos e garotas. Isso é errado?
O que motiva a masturbação de cada um é assunto muito pessoal. Fantasias são usadas pela nossa imaginação para aumentar nosso estímulo e prazer. Na adolescência, muitas vezes, a curiosidade e a falta de experiência fazem as pessoas ficarem um pouco confusas em relação a seu desejo. Por isso você pode estar se excitando tanto com garotos como com garotas. E, até aí, nada de errado. Com o tempo, os desejos ficam mais claros para você. Se estiver muito angustiada, tente procurar uma terapia. 

13. Toda vez que tenho de fazer uma prova, fico nervosa e não paro de me masturbar. O que faço?
Legal que você percebeu que está se masturbando por ansiedade. Você tem de fazer uma prova, fica nervosa, ansiosa, e usa a masturbação para tentar aliviar essa tensão. Essa não é a melhor solução, concorda? Masturbação é uma forma de conhecer seu corpo e chegar ao prazer. Não deve ser usada como antídoto para ansiedade. Tente entender as causas dessa ansiedade e procure se sentir mais segura para realizar essas provas. 

14. Sou muito vigiada em casa. Posso me masturbar na escola ou no trabalho?
Masturbação, em geral, exige um ambiente tranquilo, em que sua privacidade esteja garantida. Em geral, banheiros de escola e de trabalho não são locais exatamente calmos e privativos. Além do que, em ambientes como esses, você tem de estar atenta para suas funções, relações de trabalho etc. Será que sobra espaço e tranquilidade para a masturbação? 

15. Mulher se masturba menos do que homem?
Pergunta difícil de responder. Durante muito tempo, a mulher teve sua sexualidade mais reprimida que o homem e se masturbava muito pouco. Hoje as garotas se masturbam e falam muito mais sobre isso do que no passado. Mesmo assim, na prática, a gente percebe que a masturbação talvez ainda ocupe mais espaço e seja mais frequente no universo dos meninos. Cultura? Repressão? Machismo? Hormônios? A questão não está fechada! 

16. Até que idade a gente se masturba?
Não existe idade certa. Talvez as pessoas se masturbem a vida toda. Mas, para muita gente, a masturbação acaba perdendo espaço depois do início de uma vida sexual a dois, pelo menos como ingrediente principal da vida sexual (Nota: O que obviamente não é o caso das garotas que curtem outras garotas, onde a masturbação é parte essencial das carícias entre elas).

17. Uma garota que nunca se masturbou pode ter orgasmo na primeira transa?
Sim, ela pode. Mas, em geral, quanto melhor se conhece o corpo e o prazer (práticas mais comuns com a experiência da masturbação), mais fácil fica chegar lá com a penetração.

18. Tenho 16 e nunca tive vontade de me masturbar. Isso é normal?
Normal. O desejo sexual é despertado em momentos diferentes para cada um. Aos 16, talvez você esteja ligada em outras coisas. É bom lembrar que existem pessoas que não acham muita graça e não se importam muito com masturbação. Essa também é uma possibilidade. Só precisa ver se essa "falta de graça" é autêntica ou se ela está escondendo, na verdade, medos, vergonha, repressão e preconceito. Fique atenta!

19. Outro dia, peguei minha namorada se masturbando. Será que ela não tem mais tesão por mim?
Nada disso! O fato de a sua namorada estar se masturbando não significa que ela não sinta tesão por você. Ela pode estar muito bem com você e, mesmo assim, sentir vontade de, de vez em quando, experimentar prazer com a masturbação. Agora, se ela está se ocupando mais com a masturbação do que com você, é hora de conversar. 

20. Por que meu namorado levou um susto quando pedi a ele que me masturbasse?
Muito garoto ainda se assusta ao saber que as meninas também se masturbam. Sério! E alguns deles ainda ficam meio sem graça quando a menina deixa explícitos seus desejos e suas vontades. Dê um tempinho para que ele possa se acostumar com a idéia.


MENINOS

1. O que é masturbação?
Masturbação é a exploração do próprio corpo em busca do prazer. Ela começa a ocupar um espaço maior na vida da gente na adolescência. É uma espécie de aprendizado. É conhecendo melhor o nosso corpo e descobrindo como se chega ao prazer que conseguimos trilhar melhor os caminhos do sexo com outra pessoa. 

2. Como um garoto se masturba?
O garoto se masturba com a estimulação do seu pênis, que fica ereto. A manipulação do pênis é feita por movimentos repetidos de uma das mãos. A masturbação masculina é, em geral, acompanhada por fantasias eróticas (garotos pensam em imagens, lembranças, cenas desejadas) ou por imagens reais conseguidas em revistas, em filmes pornôs ou na internet.

3. Masturbação faz mal?
Masturbação não faz mal à saúde. Ela não provoca espinhas, crescimento de pêlos, queda de cabelo, fraqueza, aumento dos peitos nem outras bobagens do gênero. Isso tudo é papo furado e foi, durante muitos séculos, uma forma de tentar reprimir o desejo sexual das pessoas.

4. Masturbação causa impotência ou ejaculação precoce?
Outra lenda. Masturbação não provoca diminuição do desejo, dificuldade de ereção nem ejaculação precoce. Também não deixa o pênis torto. A vida sexual do homem não é prejudicada pela masturbação. Pelo contrário, ele pode até aprender a controlar melhor seu corpo e seu prazer com a masturbação.

5. Por que meu pênis dói depois da masturbação?
Pode ser que você esteja exagerando na dose! Quando o garoto se masturba com uma frequência um pouco maior ou quando ele usa mais força, o pênis pode dar sinais de que houve um certo exagero. Quando você joga bola por mais tempo ou corre mais do que o habitual, seu corpo também não reclama? Com o seu pênis, ocorre a mesma coisa. Maneire!

6. Pega mal pedir para a menina me masturbar?
Vai depender da relação que os dois têm! Se ela é uma garota que você conhece e com quem já tem alguma intimidade, tudo bem. Antes, você pode até dar uma sondada na menina para saber o que ela pensa sobre o assunto. Agora, chegar para uma garota do nada e pedir que ela o masturbe pode pegar mal, sim. 

7. Masturbação traz risco de DSTs (doenças sexualmente transmissíveis) e Aids?
Masturbação é umas das práticas sexuais mais seguras. Ela traz risco muito baixo de transmissão de DSTs e Aids. Isso só acontece se, por exemplo, alguém se masturbar e logo em seguida colocar as secreções (esperma, fluido vaginal) em contato direto com a vagina ou pênis de outra pessoa. Medidas básicas de higiene (lavar as mãos depois da masturbação) evitam esse risco.

8. Toda masturbação termina com ejaculação?
Não necessariamente. Muito garoto se masturba, experimenta sensações prazerosas, mas não chega ao orgasmo e à ejaculação. Não precisa ter a ejaculação como objetivo final da masturbação. Vale aproveitar esse momento.

9. Quem ainda não goza pode se masturbar?
Pode! Mesmo garotos que ainda não eliminam esperma podem se masturbar. Aliás, a exploração do corpo em busca do prazer não começa na adolescência. Muitas crianças já tocam seu corpo sem saber exatamente o que estão fazendo. Na adolescência, o desejo fica mais definido e pode aparecer mesmo antes de a ejaculação aparecer na vida.

10. É verdade que tem garoto que se masturba dormindo?
Não! O que acontece é que alguns garotos têm sonhos de conteúdo erótico e acabam ejaculando enquanto dormem. É o que chamamos de polução noturna. Mas isso não significa que ele se masturbou. Foi uma ejaculação motivada pelo sonho.

11. Posso praticar masturbação no banheiro de casa?
Sim! Desde que você tenha condições para ficar à vontade no banheiro da sua casa, tudo bem. Mas lembre-se de que a vida sexual da gente deve ser vivida com privacidade e que você deve respeitar os limites das outras pessoas da sua casa. Ninguém da sua família é obrigado a dividir essas coisas com você, certo?

12. Se minha irmã entrar na banheira depois que eu me masturbei, ela corre o risco de engravidar?
Não! Esperma não é sapo, nem peixe, que vai ficar pulando ou nadando atrás da sua irmã. Não há risco de engravidar dessa forma. Mas, lembre-se de que as boas normas de higiene pedem que você lave bem a banheira da sua casa depois de ter feito a festa, certo?

13. Quantas vezes por dia posso me masturbar?
Não há um número exato de vezes. Há dias em que o tesão está mais forte e outros em que você nem vai pensar no assunto. O limite é o seu próprio corpo e o seu desejo. Só não vale deixar de fazer coisas importantes para passar o dia trancado no banheiro.

14. Masturbação vicia?
Não! O que pode acontecer, embora seja muito raro, é que alguns garotos fiquem tão envolvidos com a busca do desejo que deixem de procurar amigos, de ir para baladas, de tentar resolver problemas pessoais etc. Aí não vale! É um sinal de que a pessoa pode estar tentando fugir de situações e de emoções que precisam ser resolvidas. Nesse caso, uma terapia pode fazer a diferença.

15. Por que me sinto mal, meio decepcionado, depois da masturbação?
Possivelmente por culpa. Muito garoto ainda sente que viver o prazer é algo pecaminoso, proibido. Essa concepção faz parte de séculos de cultura fortemente repressora em relação ao sexo. Vale a pena entender o que está bloqueando seu prazer e tentar diminuir essa culpa que causa frustração, arrependimento e decepção. Parar de se masturbar e não viver seu desejo não é a melhor alternativa.

16. Um garoto pode masturbar uma garota? Como faço isso?
Desde que a menina esteja a fim e deixe isso claro para você, sem problemas. A masturbação pode fazer parte do jogo erótico do casal. Mas vá com calma e entenda como a masturbação pode trazer prazer para sua parceira. Ela mesma pode dar dicas valiosas para você.

17. Minha namorada reclama de dor quando eu tento masturbá-la. Por quê? 
Provavelmente você está errando na intensidade do estímulo. O clitóris (pequeno órgão na junção superior dos pequenos lábios) é uma das partes do corpo que dão mais prazer a sua parceira. Mas essa é uma região muito sensível do corpo, que precisa ser tratada com cuidado. Vá com calma e não exagere na força do estímulo.

18. Se eu masturbar um amigo meu, é sinal de que sou gay? 
Não! Muitos garotos brincam entre si na adolescência e isso não significa que eles vão ter um comportamento homossexual na vida adulta. Por curiosidade, proximidade e desejo exacerbado, alguns meninos acabam tendo as primeiras brincadeiras sexuais com pessoas do mesmo sexo. Isso não quer dizer que eles sejam gays.
O comportamento homossexual se define com o tempo se o garoto tiver um desejo predominante de ficar com outros garotos.

19. Minha namorada diz que sou tarado por pegar revista e filme pornô para me masturbar. Por quê? 
Os garotos, em geral, precisam de uma estimulação visual mais intensa do que as meninas para se masturbar. Muitos deles precisam ver (em vez de imaginar) para sentir prazer. Aí revistas, filmes e internet acabam sendo as principais portas de acesso ao mundo da fantasia. Mas isso não significa que você seja tarado!

20. É doença pensar em masturbação todos os dias?
Pensar em masturbação todos os dias não é doença. Problema é pensar em masturbação o tempo todo. Porque você pode estar perdendo um espaço importante da sua vida social. Masturbação nada mais é do que uma das formas de a gente experimentar o prazer sexual. E o prazer sexual é apenas um dos prazeres que a gente tem na vida. Família, amigos, trabalho, diversão, namoro, bem-estar são outros. Não se esqueça desses outros, certo?

Outras reportagens:
Escola
Família
Amigos
Verão
Alistamento
Orgulho
Camisinha
Virgindade


Principal | Tema | Fun | Colunas | News | Forum | Apoio | Equipe
© Copyright E-jovem.com 2001/2002. Todos os direitos reservados.
Ter seu nome e/ou imagem publicados neste site não indica necessariamente orientação sexual.
webmaster@e-jovem.com

Clique para o tema desse mêsClique e divirta-se!Clique e confira as novas colunasClique para visitar o forum de depoimentosClique e confira a reportagem do mêsClique para encontrar endereços e telefones úteis